INTERNACIONALIZACIÓN

Em 24 países dos cinco continentes

Hoje, a Torre de Núñez é a empresa líder em charcutaria do noroeste de Espanha e uma das mais importantes de todo o território nacional. Mas sempre quisemos que os nossos produtos fossem conhecidos fora das nossas fronteiras.

Atualmente, estamos presentes em 24 países dos cinco continentes. Exportamos 10% da nossa produção para o mercado internacional. Estamos no mundo inteiro. Do Japão ao Panamá, da República Dominicana à Noruega, Alemanha, Cuba e Moldávia.

A comercialização da nossa marca no mercado externo torna-nos melhores como empresa e mais competitivos. Estamos convencidos de que vamos continuar a crescer nesta área.

 

 

Ajudas do Programa Igape Plano Foexga 2017-2020

Esta empresa está a participar num projeto de internacionalização através do programa do Igape Plano Foexga 2017-2020. O objetivo principal destas ajudas é incentivar e estimular o comércio exterior galego e a internacionalização das PME galegas. O resultado pretendido consiste em aumentar a base de empresas exportadoras e consolidar a presença de empresas galegas nos mercados internacionais.

Operação cofinanciada pela União Europeia
Programa Operacional FEDER Galiza 2014-2020
Assegurar um tecido empresarial mais competitivo
Uma forma de fazer a Europa

 

Feder Galicia 2014-2020

Esta empresa participa no Plano Foexga 2016-2017 Operação cofinanciada pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional Programa Operacional FEDER Galiza 2014-2020. Como apoio ao processo de internacionalização, a Torre de Núñez de Conturiz S.L.U. dispõe de ajudas concedidas pela Xunta de Galicia através do IGAPE para participar no Plano de Promoção das Exportações Galegas (Foexga) 2016-2017, cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional no âmbito do Programa Operacional FEDER da Galiza 2014-2020, OT3 Assegurar um tecido empresarial mais competitivo. Uma maneira de fazer a Europa. O principal objetivo do Plano Foexga é incentivar e estimular o comércio exterior galego e a internacionalização das PME galegas. O resultado pretendido consiste em aumentar a base de empresas exportadoras e consolidar a presença de empresas galegas nos mercados internacionais.

AJUDA PARA A EXECUÇÃO DE AÇÕES DE PROMOÇÃO EXTERIOR DAS EMPRESAS GALEGAS

Órgão outorgante: Igape cofinanciado em 80% pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Dossiê: IG230.2016.1.125

Projeto: Desenvolvimento de catálogos, feiras internacionais e uma página de destino adequada à imagem empresarial da Torre de Nuñez, tendo em conta os diferentes mercados a que se dirige, principalmente a Inglaterra. Para tal, o desenvolvimento foi realizado em inglês, com adaptação ao idioma do país-alvo.

Os objetivos e resultados alcançados incluíram marcar presença da empresa na Internet e reforçar a marca a nível internacional, bem como proporcionar apoio comercial para assegurar um aumento das vendas através de um novo canal, aumentar a carteira de clientes e fidelizar os clientes atuais.

Está prevista uma dinâmica de concurso com 1 mês de duração na qual os utilizadores têm de se registar num formulário para que se obtenha uma base de dados de potenciais clientes, alcance e relevância da marca. O sorteio é apresentado através da página de destino, seguindo a imagem empresarial da marca que implementámos no site na versão inglesa para derivar o tráfego e obter suporte para a dinâmica social.

Resolução da concessão de ajudas Conturiz

O objetivo dos investimentos previstos no âmbito deste projeto é aumentar a competitividade da empresa através de uma série de investimentos em instalações na fábrica de expedição (área de acondicionamento e vestiários), instalações e equipamentos novos que, em conjunto, permitam melhorar a qualidade dos produtos elaborados, reduzir os tempos de processamento e garantir a segurança dos trabalhadores durante estas tarefas.

MELHORIAS TECNOLÓGICAS IND. CARNICA (L-27-PDR-17) INVESTIMENTO: 312.076,89€ AJUDA PÚBLICA: 78.019,22€
MELHORIAS TECNOLÓGICAS IND. CARNICA (L-05-PDR-18) INVESTIMENTO: 250.317.36€ AJUDA PÚBLICA: 62.579,49€

Resolução de concessão de ajudas O Corgo

A Torre de Nuñez de Conturiz SL dispõe no Polígono de O Corgo, parcela 30 e 31, de um secador de presuntos com capacidade de 140.000 peças/ano, distribuído de acordo com os planos em anexo.

Para poder cobrir o aumento da procura de presunto curado, a intenção é ampliar a capacidade de produção atual; por conseguinte, o novo projeto de investimento consiste em transformar 4 adegas em 7 secadores na fábrica de secagem atual e, ao mesmo tempo, comprar um terreno anexo de 3.770 m2; poder construir uma nova fábrica de 3.484 m2 para onde se pretendem transferir as 4 adegas supramencionados da fábrica atual e construir 4 adegas novas para que o conjunto das 8 adegas desta nova fábrica possa garantir a realização da última fase de cura do total da produção.

Assim, serão adquiridos 7 equipamentos novos para secadores a instalar na atual fábrica de secagem de presunto, sendo a fábrica nova composta por 4 equipamentos que serão transferidos da fábrica atual e outros quatro equipamentos novos; para que, no conjunto, possam acolher a produção total.

A capacidade de concepção inicial da fábrica atual é de 140.000 peças/ano, o que resulta num total de 203.840 peças depois de anexada à outra fábrica nova.

INVESTIMENTO 3.627.955,97€
SUBVENÇÃO 1.269.784,59€

Operação cofinanciada pela União Europeia

Programa Operacional FSE Galiza 2014-2020

Contratação de gestores de internacionalização: (IG166)

Enquanto apoio ao processo de internacionalização da empresa, a Torre de Nuñez conta com a ajuda concedida pela Xunta de Galiza através do Igape para a contratação de um gestor, no âmbito da convocatória de ajudas do Igape para a contratação de gestores de internacionalização, cofinanciadas pelo Fundo Social Europeu no âmbito do programa operacional FSE da Galiza 2014-2020, e incluídas no objetivo temático 08 de assegurar uma formação e um emprego de qualidade.

O Fundo Social Europeu, FSE, investe no seu futuro

O objetivo destas ajudas é facilitar a aquisição de competências profissionais no domínio da internacionalização e incorporação ou reinserção no mercado de trabalho, apoiando ao mesmo tempo as PME galegas no seu processo de internacionalização. O resultado pretendido é que os profissionais continuem a ser contratados após a sua participação no programa, na mesma empresa ou noutras agências, graças à experiência prática recebida.